Retomados alguns serviços de transportes públicos na capital belga

O gabinete de crise informou que "as pessoas podem sair das casas, escolas ou empresas" no entanto, "o nível de alerta mantém-se a 4"

O centro de crise belga está a informar que alguns serviços de transportes públicos estão a ser retomados em Bruxelas e que as pessoas já podem sair de casa, apesar de o alerta terrorista continuar no nível máximo.

"Os transportes públicos foram retomados. As estações de comboio estão abertas novamente, mas com segurança reforçada pela polícia e pelo exército", lê-se numa mensagem publicada na conta do centro de crise belga na rede social Twitter.

O centro especificou ainda que algumas linhas de metro (2 e 6) foram reabertas e que as restantes linhas vão permanecer encerradas.

O gabinete de crise informou também que "as pessoas podem sair das casas, escolas ou empresas" e que os pais podem ir buscar os filhos às escolas.

O centro adverte, no entanto, que "o nível de alerta terrorista 4 mantém-se".

"Pedimos a todos que se mantenham vigilantes", reforçou.

Nas redes sociais já circulam as imagens de pessoas a escreverem mensagens de paz no chão da rua em frente ao Palácio da Bolsa, no centro da cidade belga.

Pelo menos 34 pessoas morreram e perto de duas centenas ficaram feridas nas três explosões registadas hoje em Bruxelas -- duas no aeroporto internacional de Zaventem e uma na estação de metro de Maelbeek, junto às instituições europeias, no centro da capital belga.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou entretanto os dois atentados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG