Refugiados exigem sair de base militar britânica

Vídeo agora revelado mostra cenas caóticas numa base militar do Reino Unido na ilha.

Responsáveis pela defesa britânicos estão sob pressão para resolverem o estatuto de refugiados sírios e palestinianos após a divulgação de um vídeo que mostra cenas caóticas numa base militar do Reino Unido em Chipre.

Entre os incidentes que se veem nas imagens - fotografias e vídeos - a que o Guardian teve acesso surge um homem a ameaçar suicidar-se antes de a polícia britânica intervir. Outro homem surge com a cara coberta de sangue, depois de se ter cortado.

Alguns membros de um grupo de 114 refugiados que chegaram à ilha em outubro, entre os quais várias crianças, exigem deixar a base militar de Dhekelia, uma de duas instalações militares que o Reino Unido tem em Chipre.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG