Rapariga albina de cinco anos morta e desmembrada

A rapariga é oficialmente o 19.º albino morto no país desde agosto de 2008.

Uma rapariga albina de cinco anos foi morta e desmembrada na província de Kirundo, no nordeste do Burundi, no primeiro caso em quatro anos destes crimes associados à feitiçaria, disse hoje uma responsável local.

"Um grupo de homens armados atacou cerca da 01:00 de quarta-feira a casa de uma menina de cinco anos e agrediram os pais antes de a levarem", disse à agência France Presse Marie-Claudine Hashazinka, administradora da comuna de Busoni.

Os pais alertaram os vizinhos, que perseguiram os homens, mas só o corpo da rapariga foi encontrado, desmembrado e sem um braço, adiantou.

O último caso ocorreu em maio de 2012 quando uma adolescente foi morta de modo semelhante a cerca de 15 quilómetros da capital Bujumbura.

A polícia deteve em 2009 e posteriormente condenou uma dezena de pessoas por assassinatos e tentativas de assassinatos de albinos, mas todas se evadiram em dezembro de 2011.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG