Porto Rico: Novo número de mortes é 46 vezes maior do que se pensava

Quase um ano depois, surgiram novos dados sobre o Furacão Maria, que assombrou o território em setembro

O governo de Porto Rico atualizou o número oficial de mortos no furacão Maria, ocorrido em setembro passado, para 2.975. Através de uma nova estimativa feita por pesquisadores, estes valores são 46 vezes maiores daqueles que foram apontados inicialmente, que se situavam em 64 mortes.

Em declarações públicas, o governador Ricardo Rossello afirmou que este número é uma estimativa, dando o alerta que ainda pode haver novas alterações, que podem demorar meses ou anos, como noticia a CNN.

Estas novas alterações trazem um alento às famílias das vítimas deste furacão, dando-lhes a possibilidade de ver alguns despesas do funeral cobertas pelo governo americano.

Já no início do mês, a CNN tinha noticiado que o governo de Porto Rico tinha admitido que o número de mortes podia ser muito maior que os dados conhecidos até à altura.

O estudo foi feito por pesquisadores da Universidade George Washington, encomendando pelo governo americano, sobre mortes relacionadas com tempestades.

Entre as conclusões do estudo, entendeu-se que a as autoridades não deram resposta às críticas que surgiram quando a contagem oficial de mortes passou de 16 para 34. Na altura, Donald Trump afirmou que as autoridades porto-riquenhas deveriam estar "muito orgulhosas" dos baixos números de mortos, em comparação com anteriores catástrofes, como o furacão Katrina.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG