Polícia pede desculpa a basquetebolista depois de divulgar vídeo da detenção

Tudo começou por causa de uma infração de estacionamento, que foi filmada. Na gravação divulgada veem-se abusos de autoridade por parte dos polícias

A polícia da cidade de Milwaukee pediu desculpa esta quarta-feira pela forma como a polícia deteve o jogador profissional de basquetebol negro, Sterling Brown, em janeiro passado

A detenção aconteceu na sequência de uma multa de estacionamento. As forças de segurança pública abusaram da força - chegaram a usar um taser -, facto que ficou provado esta quarta-feira, depois de a polícia ter sido divulgado o vídeo da intervenção.

Ato contínuo, o chefe da polícia Alfonso Morales apresentou publicamente desculpas pela ação dos seus homens e disse que medidas disciplinares foram tomadas contra os envolvidos na prisão do jogador do Milwaukee Bucks da NBA.

Brown, que é afro-americano, citado pela Time, diz que o incidente foi "uma tentativa de intimidação da polícia" e que "não deveria acontecer com ninguém".

A NBAP - a associação nacional de jogadores de basquetebol - mostrou-se a favor do atleta e contra os atos de injustiça de que muitos basquetebolistas são alvo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG