Polémica no Reino Unido. Corbyn chamou "estúpida" a Theresa May?

Porta-voz dos trabalhistas diz que Corbyn disse "pessoas estúpidas", referindo-se aos deputados do Partido Conservador, e não "mulher estúpida". Conservadores atacaram o líder da oposição após divulgação de imagens do momento.

A Câmara dos Comuns do Reino Unido esteve esta quarta-feira envolta em polémica depois de o líder do Partido Trabalhista alegadamente ter chamado "mulher estúpida" à primeira-ministra, Theresa May, o que já foi negado por Jeremy Corbyn.

Vários deputados do Partido Conservador, no Governo, pediram ao presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow, que admoestasse o líder da oposição, que, em um vídeo difundido na rede social Twitter, parece sussurrar "mulher estúpida" após um diálogo com Theresa May.

Bercow disse não poder tomar medidas por não ter sido testemunha direta do suposto insulto, mas sublinhou que qualquer membro do parlamento que viole as regras deve desculpar-se.

Os deputados do partido do Governo viram o vídeo que foi difundido na rede pelo portal digital anti-Corbyn The Red Roar e supostamente gravado pelas câmaras do parlamento na sessão de hoje. Entretanto, o vídeo está a ser divulgado por vários meios de comunicação britânicos, incluindo a BBC.

O conservador James Cleverly assegurou que ouviu o insulto da boca do próprio Corbyn, enquanto a deputada trabalhista Margaret Beckett acusou os conservadores de quererem "provocar uma discussão" nas vésperas da paragem de Natal.

Por seu lado, a líder conservadora da Câmara dos Comuns, Andrea Leadsom, criticou a postura do presidente da câmara baixa, lembrando que o próprio uma vez lhe chamou "mulher estúpida" e depois se desculpou publicamente.

May e Corbyn envolveram-se hoje num intenso debate na sessão semanal de perguntas à primeira-ministra, centrada nas críticas ao Governo por não submeter a votação o quanto antes o acordo para o "Brexit".

Os ânimos aqueceram no parlamento e vários deputados apelaram a Jeremy Corbyn para que peça desculpas públicas a Theresa May, no meio de gritos de "Vergonha" e "Vergonhoso".

O porta-voz do líder da oposição negou o insulto, insistindo que Corbyn disse "pessoas estúpidas" em referência aos deputados do Partido Conservador.