Podemos ganha na Catalunha e CDC cai para sexta força

A plataforma que integra o Podemos na Catalunha, a En Comú Podem, foi a força mais votada naquela região nas eleições gerais espanholas, indica uma sondagem da televisão regional TV3.

A coligação - apoiada pela presidente da Câmara de Barcelona, Ada Colau - integra os partidos ICV, Podemos e Barcelona En Comú. De acordo com a sondagem, a En Comú Podem terá obtido 24,9% dos votos, ou seja 12 a 13 deputados.

Em segundo lugar surge a Esquerra Republicana Catalana (ERC), que apoia o processo independentista na Catalunha, com 16,4% dos votos (entre 9 e 11 deputados).

O Ciudadanos consegue o terceiro lugar, com 15,5% dos votos e sete a oito deputados, seguido do Partido Socialista da Catalunha (PSC), com 15,4% e também sete a oito deputados.

Só depois surge a Democràcia i Libertat (DL), a coligação que integra a Convergència Democràtica de Catalunya (CDC), os Demòcrates de Catalunya (DC) e o Reagrupament. A CDC é o partido do ainda presidente regional da Catalunha, Artur Mas, que também defende o processo independentista.

A DL, com Francesc Homs como cabeça de lista, terá obtido seis a sete deputados e 11,1% dos votos.

A Catalunha é a segunda maior circunscrição espanhola, elegendo 47 deputados ao Congresso dos Deputados (Parlamento).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG