Carro investe contra peões numa rua de Melbourne. Pelo menos 12 feridos

A polícia já informou que se tratou de um ato deliberado, mas ainda não disse se está relacionado com terrorismo.

Pelo menos 12 pessoas foram transportadas para o hospital, algumas com ferimentos graves, depois de uma viatura ter investido contra peões num bairro movimentado do centro de Melbourne, a segunda cidade da Austrália, anunciaram as autoridades.

A polícia do Estado de Victoria informou ter detido o condutor do veículo e uma segunda pessoa. A polícia já informou que se tratou de um ato deliberado, mas ainda não disse se está relacionado com terrorismo.

"Daquilo que nos foi permitido ver pensamos que se trata de um ato deliberado. Os motivos são desconhecidos", disse aos jornalistas o comandante da polícia de Vitória, Russell Barrett.

Segundo os 'media' locais, até 19 pessoas receberam tratamento devido aos ferimentos, das quais 12 foram transportadas para o hospital, incluindo pelo menos uma criança em idade pré-escolar em estado grave.

O atropelamento ocorreu por volta das 17:00 (06:00 em Lisboa) numa movimentada via pedonal perto da estação de comboios Flinders Street, no centro de Melbourne.

De acordo com a Sky News Australia, que cita testemunhas, o veículo, de cor branca, com dois homens a bordo, atingiu a multidão sem mostrar qualquer sinal de querer abrandar, antes de embater.

O segundo homem também foi entretanto detido no local do incidente pela polícia do estado de Victoria, cuja capital é Melbourne.

As autoridades encerraram a estação de comboios e pediram às pessoas para evitarem a zona.

Em janeiro, um incidente semelhante a poucos metros do local deste provocou quatro mortos e 20 feridos. As autoridades disseram na altura que não estava relacionado com terrorismo.

Esta semana, as principais ruas da Austrália foram protegidas com obstáculos para evitar situações semelhantes

Exclusivos