Ou o muro ou o shutdown: Trump ameaça democratas. EUA enfrentam paralisação

Se o Senado norte-americano não aprovar até à meia-noite desta sexta-feira (05.00 de sábado em Lisboa) seis mil milhões de dólares para a construção de um novo muro na fronteira entre os EUA e o México, os EUA enfrentam uma nova paralisação. E, desta vez, em plena era natalícia

O Senado norte-americano tem até à meia noite desta sexta-feira, 05.00 de sábado em Lisboa, para aprovar os fundos exigidos por Donald Trump para erguer um novo muro na fronteira entre os EUA e o México. Caso contrário há um shutdown, ou seja, uma paralisação do governo norte-americano. Apesar de não ser inédito. É em pleno Natal.

O presidente dos EUA ameaçou os democratas, numa série de Tweets, instando-os a aprovar as verbas. O chefe do Estado norte-americano considera essencial reforçar a segurança na fronteira com o país vizinho. O muro foi uma das principais promessas de campanha do republicano, que chegou a dizer que seriam os mexicanos a pagar o muro, uma ideia que o o governo do lado de lá sempre negou e sempre rejeitou.

Trump quer seis mil milhões de dólares, ou seja, 5,2 mil milhões de euros para um novo muro. Sendo que, atualmente, já existem duas vedações na fronteira entre os EUA e México. Como na zona de Otay Mesa, em San Diego, Califórnia, onde a Administração mandou erguer os protótipos.

"Os democratas, cujos votos precisamos no Senado, vão provavelmente votar contra a Segurança da Fronteira e o Muro apesar de saber que é DESESPERADAMENTE NECESSÁRIO. Se os democratas votarem não, haverá um shutdown que durará durante muito tempo. As pessoas não querem fronteiras abertas e crime!", escreveu, na sua conta de Twitter. Num outro tweet mais recente, Trump publicou um desenho do futuro muro que quer erguer, chamando-lhe lindo.

Se até à meia-noite não houver acordo entre os republicanos de Trump e os democratas, na oposição, agências chave do governo norte-americano encerrarão e muitos trabalhadores ficarão sem licença antes do Natal e sem receber salários.

Desde que nos anos 70 começaram a existir os orçamentos modernos, os EUA já sofreram 20 shutdowns, dois deles já durante a Administração Trump. Um durou 16 dias, entre 1 e 17 de outubro do ano passado, o outro durou algumas horas no dia 9 de fevereiro já deste ano.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG