Os momentos mais estranhos da entrevista de Sean Penn a El Chapo

O artigo do ator norte-americano para a Rolling Stone revela tanto sobre o ator como sobre o entrevistado

A premissa parece saída de um filme como os que Sean Penn protagoniza: o ator teve um encontro secreto com "El Chapo" no esconderijo na selva mexicana em outubro. O encontro de sete horas serviu para combinar uma entrevista e Penn contou tudo num artigo publicado na revista Rolling Stone, apenas um dia depois do anúncio da captura do traficante de droga. Um artigo em que o entrevistador acaba por ter tanto protagonismo como o entrevistado.

Segundo a própria revista, o ator teve um primeiro encontro com o barão da droga, no qual ficou acordada a entrevista, mas acabou por ser impossível fazê-la pessoalmente: Penn enviou as perguntas e "El Chapo" gravou as respostas em vídeo. E depois escreveu um artigo para a revista, que tem algumas revelações sobre El Chapo e sobre... Penn.

1. Sean Penn escreve sobre o nível de secretismo usado nas comunicações, que envolveu encriptação de mensagens e e-mails deixados e acedidos ainda na forma de rascunhos, e revela que não sabe usar um portátil.

"É um espetáculo de terror clandestino para o homem tecnologicamente mais iletrado no planeta. Aos 55 anos, nunca aprendi a utilizar um portátil. Ainda fazem portáteis? Não faço p*** ideia!"

2. O presidente do México, Enrique Peña Nieto, que na sexta-feira anunciou a captura de El Chapo, estava no mesmo hotel em que Sean Penn planeou o encontro com o traficante.

"Fizemos os nossos planos calmamente, atentos ao paradoxo de que no nosso hotel se encontrava o presidente Enrique Peña Nieto".

3. Sean Penn realça o cavalheirismo de El Chapo.

"Numa passagem estreita e escura entre o nosso bungalow e o do lado, Chapo põe o seu braço sobre o meu ombro e renova o pedido para que nos voltemos a encontrar dentro de oito dias. "Vou despedir-me agora", diz. Neste momento solto um pouco de flatulência de viajante (desculpem), e com isso, experimento o mesmo cavalheirismo que ele já tinha mostrado quando deitou a Kate, já que ele finge não reparar."

4. O ator revela como temeu não só pela sua vida mas também pelo seu pénis ao longo de toda a situação.

"Considero que é uma das partes mais vulneráveis do meu corpo às facas do tipo de traficantes irracionais, e deito-lhe um último olhar terno, antes de voltar a colocá-la dentro das calças."

5. Questionado por Penn sobre que tipo de pessoa é, como se definiria se não fosse El Chapo, o narcotraficante assegura que é uma pessoa que não procura problemas.

"Bem, se eu o conhecesse - com respeito e do meu ponto de vista, é uma pessoa que não está de forma nenhuma à procura de problemas. De forma nenhuma."

6. El Chapo defende que o tráfico faz parte da cultura do México e vem dos seus antepassados.

"Bem, o tráfico de drogas já faz parte de uma cultura que vem dos nossos antepassados. E não apenas no México. É no mundo todo."

7. O narcotraficante revela que não consome drogas há mais de vinte anos.

"Não tomei qualquer tipo de drogas nos últimos 20 anos"

8. Sean Penn pergunta ao traficante se tem sonhos e como é a relação deste com a mãe. Resposta: quer viver com a família "os dias que Deus lhe der" e a relação com a mãe "é perfeita".

9. El Chapo levou os seus engenheiros à Alemanha para aprenderem a fazer o túnel que usou no ano passado para fugir da prisão.

Cerca de dois minutos retirados da entrevista exclusiva podem ser vistos no portal da Rolling Stone.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG