O SMS que Eddie enviou à mãe. "Vou morrer... amo-te"

"Foi esta a última mensagem que um jovem enviou à mãe

Eddie Jamoldroy Justice, de 30 anos, estava no interior da discoteca de Orlando, onde na madrugada de domingo, morreram 49 pessoas dos disparos de Omar Mateen. É uma das vítimas do massacre, mas antes de morrer conseguiu esconder-se na casa de banho e trocar SMS com a mãe.

"Vou morrer". Esta foi a última mensagem que enviou, segundo esta contou à WFTV9, uma afiliada da ABC em Orlando.

A troca de mensagens começou às 2:06 de domingo.

- Mãe, amo-te, começou Eddie Jamoldroy Justice.

- Na discoteca em que estão a disparar

- Fechado na casa de banho

- Chama a polícia

- Vou morrer

A mãe, Mina Justice, respondeu:

- Estou a ligar para eles agora

- Ainda estás aí?

- Atende o telefone

- Liga-me

- Liga-me.

Eddie acabou por responder:

- Liga-lhes mãe

- Agora

- Ainda estou na casa de banho

- Ele vem aí

- Vou morrer.

Durante horas Mina Justice desesperou em busca de informações pelo filho. Mais tarde, o nome de Eddie surgiu na lista de vítimas confirmadas de Omar Mateen na discoteca Pulse, um conhecido clube gay onde decorria uma festa latina. Depois de uma troca de tiros com um segurança, fez reféns as 350 pessoas no interior. Matou 49 e feriu outras 53 antes de a equipa SWAT entrar no edifício e o abater. Um balanço que faz deste o pior tiroteio de sempre nos EUA e a confirmar-se a ligação terrorista, o atentado mais mortífero depois do 11 de Setembro 2001.

Exclusivos