Número de internamentos por covid-19 quase duplica em França

"Epidemia voltou a ser muito ativa no nosso país",e apresenta uma "dinâmica" que gera "preocupação" em "alguns territórios", alertou o ministro da Saúde francês.

Em apenas uma semana, o número de novos internamentos em França subiu para 45%, de 1.700 para 2.400.

"A epidemia voltou a ser muito ativa no nosso país",e apresenta uma "dinâmica" que gera "preocupação" em "alguns territórios", declarou o Ministro da Saúde, Olivier Véran, citado pelo Le Monde.

Véran explicou o que acontecerá se a circulação do vírus não diminuir, tomando como exemplo a região da Provença-Alpes-Côte d´Azur.

No final de setembro, com 300 pacientes internados em cuidados intensivos, 60% das camas hospitalares disponíveis estarão ocupadas e essa taxa de ocupação subirá para 100% na segunda quinzena de outubro.

"Se não fizermos nada, corremos o risco de não poder atender todos os pacientes que precisem", acrescentou.

Desde o final do verão que os indicadores da pandemia atingem a linha vermelha, recorda o jornal.

De acordo com dados da agência de saúde pública francesa, desta quinta-feira (17 de setembro), doze regiões registam mais de 1 caso de covid-19 por 1.000 habitantes.

No início da semana, 80 escolas encerraram devido a surtos de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG