Nova Zelândia anuncia 4,9 milhões de euros em apoio a empresários após sismo

Programa irá centrar-se em subsidiar os salários que os empresários têm de pagar aos seus funcionários

O Governo da Nova Zelândia anunciou hoje um pacote de 5,3 milhões de dólares (4,9 milhões de euros) para ajudar os empresários afetados pelo sismo que atingiu o país no domingo.

O programa irá centrar-se em subsidiar os salários que os empresários têm de pagar aos seus funcionários enquanto as estradas permanecem cortadas e localidades como Kaikoura, a mais afetada pelo sismo, continuam isoladas.

O ministro do Desenvolvimento Económico, Steven Joyce, indicou que este pacote tem uma duração prevista de oito semanas, mas assegurou que o Governo está preparado para o alargar.

"Esperamos ter mais informação sobre a reparação de estradas, sobre o estado da indústria agrícola e isto pode fazer com que ampliemos [o programa] por mais algum tempo", disse Joyce, citado pelo jornal New Zeland Herald.

O sismo de magnitude 7,8 foi seguido por mais de 1.400 réplicas, causou dois mortos e mais de 20 feridos, e entre 80 mil e 100 mil deslizamentos de terras.

A agência oficial geológica GNS considera que há 32% de probabilidade que se produza um sismo de sete graus ou mais no próximo mês.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG