Nova Manada ataca na noite de São João, em Espanha

Uma jovem de 16 anos alega ter sido violada por cinco jovens, um deles menor de idade, na zona turística de Gran Canaria

A vítima de 16 anos alega ter sido violada por um grupo de cinco rapazes, um dos quais menor de idade, durante a noite de São João, numa festa na Praia dos Ingleses, no município de San Bartolomé de Tirajana, em Las Palmas, na zona turística de Gran Canaria, em Espanha.

Os amigos foram detidos e autointitularam-se de a nova Manada, numa alusão aos cinco jovens que foram condenados a nove anos de prisão por abuso sexual de uma rapariga de 18 anos nas festas de Sanfermín, em Pamplona, em 2016, e que este mês foram libertados sob o pagamento de uma fiança de 6 mil euros para aguardarem em liberdade a resolução do recurso que a defesa pediu.

O caso é tornado público depois de a vítima de La Manada ter escrito uma carta ao programa da Telencico de Ana Rosa Quintana, onde apelava a que fossem reveladas situações iguais à sua. "Denunciem. Não se calem, ou eles ganham", escreveu.

Talvez impulsionada por este testemunho, a rapariga de 16 anos denunciou a suposta violação de que foi vítima na noite de 23 para 24 de junho.

Segundo o portal Canariasahora , do jornal El Diario, a rapariga contou a seguinte versão dos factos: tinha ido comemorar o São João com umas amigas à praia, local onde conheceu o menor de 15 anos, que aponta como um dos agressores. Ele já foi identificado e também já prestou depoimento junto da Fiscalía de Menores.

A mesma publicação refere que o rapaz assumiu ter tido relações sexuais com a rapariga, mas que estas foram consentidas. De facto, a versão da vítima relata que foi com o novo amigo até uns apartamentos na praia. O menor garante que estiveram sempre sozinhos. Os amigos estariam do lado de fora do apartamento.

No entanto, sempre de acordo com a versão do rapaz, os amigos perturbaram tanto o encontro que o jovem acabou por sair do quarto, deixando a alegada vítima sozinha.

Aqui os relatos diferem. O menor de 15 anos diz que foi embora zangado com os amigos. A jovem garante que depois disso foi violada pelo grupo.

Menor de 15 anos já tem cadastro

A rapariga admite ter bebido muito naquela noite e afirmou não estar ciente de ter consumido drogas contra a sua vontade que a fizessem perder a consciência. Ela não confirmou qualquer relação sexual consensual e relatou que, na manhã seguinte ao acordar, sentiu-se muito confusa e começou a recordar o que aconteceu. Acabou por telefonar a um antigo namorado que a acompanhou ao hospital e que a encorajou a contar tudo e a apresentar queixa.

Os outros quatro elementos da nova Manada vão ser presentes ao juiz ainda esta quinta-feira. Também falta ouvir os depoimentos das amigas da jovem.

O menor de 15 anos é natural de Las Palmas, na Gran Canaria, e foi identificado como sendo vítima de "abuso na família por ascendentes masculinos" e como tendo "um processo em curso por violência de género ", por alegadamente ter assaltado uma menina, lê-se o portal Canariasahora , do jornal El Diario.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.