Notícias falsas vs. verdadeiras no Facebook. Quais foram as mais vistas?

Há quem defenda que foram as noticias falsas que deram a vitória a Donad Trump nas presidenciais americanas. Os números ajudam a esta teoria

Nos últimos meses da campanha eleitoral circularam no Facebook várias noticias falsas sobre as eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Após a vitória de Donald Trump, a maior rede social do mundo tem mesmo sido muito criticada, havendo quem lhe atribua a responsabilidade do resultado. Muitos utilizadores acusam o Facebook de promover uma grande quantidade de noticias falsas, influenciando os eleitores a favor do candidato republicano.

Notícias como o Papa Francisco apoiar Trump ou um dos agentes do FBI que investigava os e-mails de Hillary Clinton ter morrido foram algumas das notícias falsas que circulavam no Facebook.

Independentemente de esta tese ser ou não verdadeira, facto é que as noticias falsas sobre as eleições presidenciais tiveram mais visualizações do que as noticias verdadeiras nesta rede social.

Veja a comparação do 'top' das notícias (verdadeiras e falsas) mais vistas:

O Facebook foi o local preferido pela maioria dos americanos para se manterem informados sobre as eleições. Mais de 60% dos americanos dizem ter visto notícias sobre as eleições presidenciais através desta rede social.

Exclusivos