Na Galiza, um homem assassina a ex-mulher, a ex-sogra e a ex-cunhada

O casal tinha-se separado há meses. Depois de cometer o homicídio, o homem entregou-se à polícia.

O crime que está a chocar a Espanha aconteceu na localidade de Valga, na província de Pontevedra, na Galiza, às 8.00 da manhã desta segunda-feira: José Luis Abet Lafuente, de 45 anos, terá assassinado a ex-mulher e ainda a mãe e a irmã dela, e à frente dos filhos do casal, de quatro e sete anos.

O homem, que foi detido pela Guardia Civil, não tem quaisquer antecedentes de violência doméstica, embora, segundo o jornal ABC, tenha antecedentes de pequenos crimes como pequenos roubos de gasóleo e sucata.

A mulher, Sandra, de 39 anos, preparava-se para levar as crianças à escola antes de ir para a fábrica de alumínios onde trabalhava. Os miúdos, filhos de ambos, estavam no carro quando o homem apareceu. Ele matou a mulher com uma arma de fogo e depois matou também a sua ex-cunhada, Alba, de 27 anos, e a ex-sogra, María Elena, de 57, que estavam à porta de casa.

Sandra era a sua segunda mulher. A separação tinha acontecido há alguns meses, segundo o jornal El Mundo, mas o divórcio ainda não estava oficializadao. Depois da seperação, José Luis, que neste momento trabalhava na construção, mudou-se para uma outra localidade próxima, Ames. Não são para já conhecidos os motivos que levaram a este crime.

Depois de cometer os assassinos, o homem foi para sua casa, de onde telefonou à polícia e onde foi detido pelas 9.35.

Exclusivos