Mulher suspeita de decapitar criança foi detida em Moscovo

A mulher foi filmada à entrada de uma estação de metro com o que parece ser uma cabeça decapitada

A polícia russa deteve esta segunda-feira uma mulher suspeita de decapitar uma criança. A mulher tinha sido vista e filmada à entrada de uma estação de metro em Moscovo com o que aparenta ser a cabeça da vítima na mão, a falar sozinha. Foi intercetada e detida pela polícia e encontra-se à espera de uma avaliação psiquiátrica.

De acordo com uma declaração da polícia de Moscovo, citada pela televisão britânica BBC, a mulher é suspeita de ter decapitado a criança, de quem era ama, cujo corpo foi encontrado num apartamento queimado no nordeste da capital russa. "De acordo com informações preliminares, a ama da criança (...) esperou que os pais e a criança mais velha saíssem do apartamento e depois, por razões ainda desconhecidas, matou a criança, pegou fogo ao apartamento e saiu do local", lê-se na declaração.

A mulher terá cerca de 39 anos, e a polícia indica que será originária da região da Ásia Central, sem esclarecer com mais precisão o seu país de nascimento, embora a imprensa russa indique que a suspeita nasceu no Uzbequistão. Encontra-se agora a aguardar uma avaliação psiquiátrica, para que seja determinado se é capaz de compreender o que fez.

A vítima tinha entre três e quatro anos de idade e terá sido decapitada pela ama, que depois levou a cabeça da criança para a rua. Vídeos amadores publicados nas redes sociais mostram uma mulher vestida de preto e a usar um hijab, lenço que cobre o cabelo e o pescoço, a circular de braços erguidos, com uma cabeça decapitada numa das mãos, à frente de uma estação de metro em Moscovo. De acordo com a BBC, nalguns vídeos é possível ouvir: "Allahu Akhbar" (Deus é grande) e "Sou uma terrorista. Sou a vossa morte".

De acordo com testemunhas citadas pela imprensa russa, a mulher terá andado para a frente e para trás com a cabeça, a gritar, durante mais de 20 minutos antes de ser detida.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG