Ministro adjunto representa Portugal na cerimónia fúnebre de Fidel

Eduardo Cabrita estará na cerimónia desta terça-feira, em Havana.

O ministro adjunto, Eduardo Cabrita, será o representante do Estado português na cerimónia fúnebre de homenagem ao ex-líder cubano, Fidel Castro, que morreu na sexta-feira, anunciou o governo em comunicado.

A cerimónia fúnebre terá lugar nesta terça-feira, às 19.00 locais (meia-noite em Lisboa), na Praça da Revolução, em Havana. Neste momento, milhares de cubanos prestam a última homenagem ao histórico líder da revolução, cujas cinzas estão no Memorial a José Martí, que existe nessa mesma praça.

Na homenagem em Havana já está confirmada a presença do rei emérito de Espanha, Juan Carlos, e do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras. Estará também, em representação do Partido Comunista Português, Albano Nunes, responsável pelas Relações Internacionais do partido e membro do secretariado do Comité Central.

O funeral de Fidel será só no próximo domingo, em Santiago de Cuba, depois do cortejo fúnebre das suas cinzas pelo país. Essa cerimónia deverá ser privada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG