Marcelo Rebelo de Sousa envia condolências ao Presidente angolano

Presidente português manifesta a sua solidariedade para com os adeptos e profissionais dos clubes e os familiares das vítimas do acidente ocorrido hoje no jogo de estreia do Girabola.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou hoje condolências ao seu homólogo angolano pelas vítimas do incidente ocorrido no estádio 4 de janeiro, na cidade do Uíge, que provocou pelo menos 17 mortos.

"Foi com grande pesar que tomei conhecimento do acidente ocorrido hoje no jogo de estreia do Girabola 2017, no Estádio 4 de janeiro, no Uíge, que vitimou numerosas pessoas, entre as quais crianças, para além de ter provocado vários feridos", escreveu Marcelo Rebelo de Sousa na mensagem enviada a José Eduardo dos Santos.

"Nesta hora difícil, quero transmitir-lhe, Senhor Presidente, em meu nome e em nome do povo português, toda a solidariedade para com o povo angolano, para com os adeptos e profissionais dos clubes que estavam em campo, e especialmente para com as famílias das vítimas, a quem envio, através de Vossa Excelência, as mais sinceras condolências", refere na mensagem.

Pelo menos 17 pessoas morreram no Uíge, norte de Angola, alegadamente ao forçarem a entrada no estádio municipal 4 de janeiro, para assistirem ao jogo entre o Santa Rita de Cássia e o Recreativo de Libolo, na ronda inaugural do Girabola, disse à Lusa fonte do primeiro clube, que se estreia esta época no principal campeonato angolano de futebol.

A mesma fonte indicou que o incidente terá provocado ainda mais de 60 feridos e a imprensa local informou que cinco dos feridos estão em estado grave, no hospital provincial do Uíge.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG