Mais de mil migrantes escaparam de centro de detenção no México

O episódio ocorreu esta quinta-feira. Cerca de metade das pessoas acabaram por regressar ao centro de detenção mas 600 continuam por encontrar, segundo as autoridades mexicanas

Cerca de 1300 imigrantes fugiram esta quinta-feira do centro de detenção Siglo XXI, no Sul dos México. Mais de metade deles acabou por regressar no mesmo dia ao centro, mas as autoridades do país confirmam que perderam o rasto a mais de 600 pessoas.

Este é só mais recente episódio ligado à corrente migratória oriunda da América Latina que avança na direção Norte, colocando uma pressão crescente nas fronteiras mexicanas.

Ainda na quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tinha voltado a ameaçar fechar a sua fronteira com México, caso o país não bloqueie a onda de migração que vem do sul.

A maioria destes migrantes que procuram chegar ao México - pata tentar, a partir daí, chegar aos Estados Unidos - vêm de países como as Honduras, Guatemala e, crescentemente, de Cuba.

A maioria dos cerca de 1300 que esta quinta-feira fugiram do centro de detenção Siglo XXI são cubanos, segundo noticia o The Guardian.

Exclusivos