Mais de cem detidos em distúrbios do Halloween

Gangues de jovens mascarados semearam a confusão nos subúrbios de Paris e em Lyon, depois de um apelo a uma "purga" à polícia feito pelas redes sociais. Tumulto terá sido inspirado por um filme de 2013.

Muitas montras partidas, latas de lixo incendiadas, uma loja de desporto e um minimercado saqueados e vandalizados, ataques à polícia com ácido e agressões a automobilistas transeuntes. Este foi o cenário, nesta madrugada, em várias zonas dos subúrbios de Paris e no centro da cidade de Lyon, com as autoridades, nesta última cidade, a terem de recorrer a gás lacrimogéneo para dispersar os gangues de jovens mascarados. No final, mais de cem pessoas foram detidas.

Há imagens nas redes sociais dos incidentes, que podem ser consideradas chocantes para determinados públicos:

Os tumultos na noite de Halloween, de acordo com as autoridades francesas, terão sido desencadeados por um apelo nas redes sociais a uma "purga" contra a polícia, inspirada no filme de 2013 "A Purga - Anarquia", realizado por James DeMonaco, que retrata uma sociedade distópica onde a criminalidade é quase inexistente mas em que, em determinado dia do ano, durante 12 horas, todos os crimes são permitidos, incluindo o homicídio.

O autor do apelo, feito através do Snapchat, um adolescente, tinha sido detido no início da semana mas acabou por ser libertado ficando a aguardar em liberdade o julgamento. Não há indicação de que tenha chegado a participar nos tumultos que ajudou a criar. A sua presença em tribunal, agendada para 28 de novembro, acontecerá agora em circunstâncias bastante mais delicadas.

Mais de 15 mil polícias estiveram envolvidos na operação de controlo dos protestos.

O ministro do interior francês, Christophe Castaner, já reagiu aos incidentes, classificando os como "factos completamente anormais, escandalosos, que se desenrolaram no decorrer de uma festa, o Halloween".

Os distúrbios causados por grupos jovens, geralmente oriundos de bairros problemáticos, têm vindo a tornar-se num acontecimento frequente em França desde a década de 1990, ocorrendo habitualmente em datas com significado especial, como a véspera de Ano Novo ou o dia da Tomada da bastilha, a 14 de julho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG