Mãe abandona bebé de quatro horas em presépio de igreja

O pároco da igreja nova iorquina lembrou que "a igreja é uma casa para os que estão necessitados"

O pároco de igreja nova-iorquina teve uma surpresa esta segunda-feira quando um bebé de carne e osso surgiu no meio do presépio. A manjedoura do presépio da Holy Jesus Child Church em Queens, Nova Iorque, foi o local escolhido por uma mãe para abandonar o seu filho que tinha apenas quatro ou cinco horas de vida, de acordo com os médicos.

De acordo com o jornal The New York Times, o bebé foi descoberto por José Moran, um dos responsáveis pela manutenção da igreja, que tinha deixado a meio a montagem do presépio para ir almoçar. Quando voltou, ouviu o choro de uma criança e deparou-se com o bebé deitado na manjedoura.

Não se conhece o nome do bebé, mas uma mulher foi filmada a deixar a criança na igreja. Tinha ainda o cordão umbilical, e uma equipa médica no Jamaica Hospital Center, para onde foi levada, disse que a criança era saudável e teria nascido há quatro ou cinco horas. As autoridades procuram a mulher que deixou a criança, que acreditam tratar-se da mãe.

Ao The New York Times, o pároco da igreja, Christopher Ryan Heanue, de 28 anos, disse que a mulher tinha escolhido o melhor sítio para deixar o bebé. "Uma igreja é uma casa para os necessitados, e ela sentiu que este estábulo - o lugar onde Jesus encontrou a sua casa - era uma casa para o seu filho".

O estado de Nova Iorque tem legislação que permite que os pais deixem crianças bebés em hospitais, quartéis de bombeiros e igrejas, desde que sejam deixados ao cuidado de alguém. No caso, a mãe abandonou a criança sem falar com ninguém, o que pode ter consequências.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG