Madonna junta-se a movimento #EleNão contra Bolsonaro

Cantora partilhou uma imagem no Instagram contra o candidato do Partido Social Liberal à presidência do Brasil.

Madonna juntou-se ao movimento contra a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência brasileira, partilhando uma imagem criada por um fã com a hashtag #EleNão e #endfascism (acabem com o fascismo) no seu Instagram.

A artista norte-americana partilhou nas Stories (temporárias, duram 24 horas) a imagem criada por um fã, Aldo Diaz, onde aparece a preto e branco, com um pedaço de fita adesiva a tapar-lhe a boca onde está escrita a palavra Freedom (Liberdade).

A imagem original inclui vários hashtags: #EleNão, #EleNão vai nos desvalorizar, #EleNão vai nos oprimir e #Ele não vai nos calar. A estes, a própria cantora acrescentou um outro #endfascism (acabem com o fascismo).

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.