Livres da gruta: pais poderão ver os filhos esta noite mas através de um vidro

Risco de infeções obriga a medidas de precaução

Através do vidro, mas será a primeira vez, ao fim de 432 horas, que os pais das 12 crianças que ficaram presas dentro de uma gruta no norte da Tailândia, poderão ver os filhos. Neste momento, os 13 jovens (incluindo o treinador) estão no hospital.

"Posso confirmar, de forma oficial, que os restantes rapazes foram resgatados. Os seus pais vão agora a casa tomar um banho e mudar de roupa. Poderão ver os filhos através do vidro esta noite", disse o governador demissionário da província de Chian Riang, Narongsak Osatanakorn, citado pela BBC.

De acordo com a mesma fonte, os pais dos rapazes resgatados no domingo e na segunda-feira também já puderam ver os filhos, mas só através de um vidro, devido ao risco de infeções.

O resgate foi considerado um sucesso e está a ser comemorado em todo o mundo. Os quatro Navy Seals tailandeses responsáveis pela missão de salvamento são aclamados como heróis.

No entanto, Osatanakorn disse ao início desta tarde que "o verdadeiro herói de Tham Luang" foi Saman Gunan, o Navy Seal reformado que morreu na sexta-feira de manhã, depois de ter ficado sem ar na tentativa de resgatar os rapazes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG