John McCain anuncia voto contra revogação do ObamaCare

Um golpe que será fatal para as pretensões de Donald Trump

O senador John McCain informou esta sexta-feira que não vai votar a favor da proposta republicana que visa revogar a lei de acesso aos cuidados de saúde assinada pelo anterior presidente, Barack Obama, a designada ObamaCare.

Divulgada através de comunicado, a decisão deste senador republicano representa um golpe fatal na intenção do seu partido, que deve ser apresentada no Senado na próxima semana.

O republicano, eleito pelo Estado do Arizona, afirmou que não pode apoiar a proposta do seu partido, porque "juntos, republicanos e democratas, conseguem fazer melhor".

O senador republicano Rand Paul, do Kentucky, já anunciou que também vai votar contra e a senadora, igualmente republicana, Susan Collins, do Maine, fez saber que está inclinada a fazer o mesmo.

Os republicanos controlam o Senado, com 52 dos 100 lugares. Como todos os outros 48 senadores se opõem à proposta republicana, estes três votos "não" no campo republicano representam a sua morte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG