Irão regista 2898 mortos pelo novo coronavírus

Em apenas 24 horas, as autoridades de saúde do Irão registaram mais de 3 mil novos casos de infeção.

As autoridades iranianas anunciaram esta terça-feira 141 novas mortes pelo novo coronavírus, elevando para 2.898 o número oficial de mortos no Irão, um dos países mais afetados pela doença covid-19.

As autoridades de saúde registaram 3111 novos casos de contaminação nas últimas 24 horas, disse Kianouche Jahanpour, o porta-voz do Ministério da Saúde durante a sua comunicação diária à imprensa.

Um total de 44 606 casos foram oficialmente registados no Irão.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 750 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 36 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 148 500 são considerados curados.

Mais de 26 mil mortos no continente europeu

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 413 mil infetados e mais de 26.500 mortos, é aquele onde se regista atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 11.591 mortos em 101.739 casos confirmados até segunda-feira.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 7.340, entre 85.195 casos de infeção confirmados, enquanto os Estados Unidos são o que tem maior número de infetados (164.610).

A China, sem contar com os territórios de Hong Kong e Macau, conta com 81.518 casos (mais de 76 mil recuperados) e regista 3.305 mortes. A China anunciou hoje 48 novos casos, todos oriundos do exterior, e mais uma morte, numa altura em que o país suspendeu temporariamente a entrada no país de cidadãos estrangeiros, incluindo residentes.

Os países mais afetados a seguir a Itália, Espanha e China são a França, com 3.024 mortes (44.450 casos), o Irão com 2.898 (44.606 casos) e os Estados Unidos com 3.170 mortes (164.610 casos).

Segundo o Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças (CDC) da União Africana, com base nos dados mais recentes, já morreram pelo menos 152 pessoas e 4.871 pessoas ficaram infetadas pelo novo coronavírus em África.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG