Intervenção turca no norte da Síria reduziu entrada de refugiados

"A população do norte da Síria sente-se mais confiante", garante o presidente turco

O presidente da Turquia disse que a entrada de refugiados sírios no território turco diminuiu desde que, há duas semanas, começou a operação militar turca no norte da Síria contra o grupo Estado Islâmico e as milícias curdas.

"Desde então, a população do norte da Síria sente-se mais confiante. A população que vive na região é muito próxima de nós culturalmente. Isto dá-nos a oportunidade de construir na região alojamentos a sério, em vez de campos (de refugiados)", explicou Recep Tayyip Erdogan, segundo noticia a agência EFE.

Erdogan falava aos jornalistas que o acompanhavam no voo de regresso da cimeira do G20 na China, na madrugada de terça-feira.

Desde o início da guerra civil na Síria, em 2011, a Turquia tem insistido na necessidade de criar uma zona segura para os refugiados no norte do país.

Erdogan lamentou que vários líderes mundiais, embora tenham apoiado essa estratégia, não tenham feito nada na prática para a aplicar.

Várias televisões turcas mostraram hoje imagens de uma caravana de 20 veículos que transportava refugiados sírios de regresso a Yarabulus, uma cidade fronteiriça que as forças rebeldes sírias, apoiadas pela Turquia, reconquistaram ao grupo Estado Islâmico.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG