Presidente peruano critica Caracas por "presos políticos" nos protestos

O Presidente do Perú, Pedro Pablo Kuczynski, criticou hoje o Governo da Venezuela pelas mortes nos protestos da oposição que ocorreram esta semana e por considerar que há "presos políticos" nas manifestações.

"Não queremos intrometer-nos na situação do outro país irmão, mas não devem haver presos políticos nem mortos nas manifestações", disse o Presidente peruano numa declaração oficial.

Pedro Kuczynski disse ainda que o Governo peruano está "muito preocupado com o que se está a passar na Venezuela" e considerou que "naquele país tem de haver uma transição ordenada".

O Presidente explicou que está a trabalhar com outros Governos para promover o respeito pela democracia na Venezuela e "promover a ajuda humanitária que o país se recusa a receber, mas que é muito importante para a saúde dos venezuelanos".

Cumprimentos à Venezuela, nós vamos ajudar se precisarem. Estamos todos aqui contigo

Desde que assumiu a presidência do Perú que Pedro Kuczynski pede a criação de um vínculo entre países que aborde a crise na Venezuela e promova uma transição democrática para o Governo de Nicolás Maduro.

A Venezuela atravessa uma crise económica, política e social, com registo frequente de manifestações e distúrbios nas ruas.

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub