Trump acusa Amazon de destruir pequenos comerciantes

"A Amazon causa grande dano aos pequenos retalhistas que pagam impostos. Muitas localidades nos Estados Unidos sentem os efeitos. Muitos empregos são destruídos", afirmou Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou esta quarta-feira o grupo de vendas 'online' Amazon de destruir o pequeno comércio e o emprego, num momento em que vários empresários se afastam da administração norte-americana.

"A Amazon causa grande dano aos pequenos retalhistas que pagam impostos. Muitas localidades nos Estados Unidos sentem os efeitos. Muitos empregos são destruídos!", afirmou Trump na rede social Twitter.

O líder da Amazon, Jeff Bezos, é também proprietário do jornal The Washington Post, alvo frequente dos ataques do presidente norte-americano.

Trump não deu exemplos precisos, mas vários retalhistas, nomeadamente nos setores do vestuário e da eletrónica, viram as suas vendas baixar nos últimos anos devido à concorrência do comércio 'online'.

Os últimos números oficiais apontam para um aumento de 0,6% nas vendas a retalho no mês de julho e um aumento de 4,2% em relação ao ano anterior, mas são sobretudo os distribuidores na internet que registam um avanço mais significativo no mês passado (1,3%).

Vários dirigentes de empresas norte-americanas demarcaram-se nos últimos dias do presidente do Estados Unidos, deixando de integrar órgãos de aconselhamento em matéria de política económica e industrial, depois de declarações dúbias de Trump em relação à extrema-direita e ao seu envolvimento na violência registada no fim de semana em Charlottesville, na Virgínia.

Ler mais

Exclusivos