Trudeau insiste em acordo trilateral de comércio para substituir NAFTA

"Nós continuamos convencidos de que o NAFTA é extremamente positivo [e] vamos continuar a defender a opção de ganho trilateral - é o que há de melhor para o Canadá, o México e os Estados Unidos", insistiu Trudeau

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, recusou esta quarta-feira negociar um acordo comercial bilateral com Washington, tal como o Presidente norte-americano, Donald Trump, deseja, reiterando que um tratado entre Canadá, Estados Unidos e México continua a ser "a melhor opção".

"Ouvimos o Presidente [Trump] recentemente, não é a primeira vez que ele sugere que consideremos negociações bilaterais entre o Canadá e os Estados Unidos e os Estados Unidos e o México, em vez do NAFTA (Tratado Norte-Americano de Comércio Livre entre EUA, Canadá e México em vigor desde 1994)", declarou Trudeau à imprensa.

"Nós continuamos convencidos de que o NAFTA é extremamente positivo [e] vamos continuar a defender a opção de ganho trilateral - é o que há de melhor para o Canadá, o México e os Estados Unidos", insistiu.

O principal conselheiro económico da Casa Branca, Larry Kudlow, indicou na terça-feira de manhã que tinha informado Otava da intenção do Presidente norte-americano de negociar acordos bilaterais separados com o Canadá e o México para substituir o NAFTA.

"Estou à espera de uma resposta. Falei ontem (segunda-feira) com um dos mais altos responsáveis deles, próximo do primeiro-ministro [Justin Trudeau]. Ele vai, com certeza, contactar-me hoje (terça-feira)", disse Kudlow ao canal televisivo Fox News, acrescentando esperar "uma resposta assim que possível, para fazer avançar todo o processo" em direção a um novo acordo.

Trump tinha já levantado na passada sexta-feira a hipótese de negociar acordos separados com Canadá e México, argumentando com as acentuadas diferenças entre os dois países e classificando mais uma vez o NAFTA como um "acordo calamitoso".

O Canadá, os Estados Unidos e o México não têm neste momento agendada nova ronda de negociações do NAFTA, após o fracasso da semana passada, indicou na terça-feira um alto responsável canadiano, citado pela agência de notícias francesa AFP, observando contudo que está a ser mantido "o contacto" entre os três países "por telefone e correio eletrónico".

Justin Trudeau e Donald Trump devem encontrar-se na sexta-feira e no sábado na cimeira do G7 que se realiza no Quebeque.

Ler mais

Exclusivos