Trudeau insiste em acordo trilateral de comércio para substituir NAFTA

"Nós continuamos convencidos de que o NAFTA é extremamente positivo [e] vamos continuar a defender a opção de ganho trilateral - é o que há de melhor para o Canadá, o México e os Estados Unidos", insistiu Trudeau

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, recusou esta quarta-feira negociar um acordo comercial bilateral com Washington, tal como o Presidente norte-americano, Donald Trump, deseja, reiterando que um tratado entre Canadá, Estados Unidos e México continua a ser "a melhor opção".

"Ouvimos o Presidente [Trump] recentemente, não é a primeira vez que ele sugere que consideremos negociações bilaterais entre o Canadá e os Estados Unidos e os Estados Unidos e o México, em vez do NAFTA (Tratado Norte-Americano de Comércio Livre entre EUA, Canadá e México em vigor desde 1994)", declarou Trudeau à imprensa.

"Nós continuamos convencidos de que o NAFTA é extremamente positivo [e] vamos continuar a defender a opção de ganho trilateral - é o que há de melhor para o Canadá, o México e os Estados Unidos", insistiu.

O principal conselheiro económico da Casa Branca, Larry Kudlow, indicou na terça-feira de manhã que tinha informado Otava da intenção do Presidente norte-americano de negociar acordos bilaterais separados com o Canadá e o México para substituir o NAFTA.

"Estou à espera de uma resposta. Falei ontem (segunda-feira) com um dos mais altos responsáveis deles, próximo do primeiro-ministro [Justin Trudeau]. Ele vai, com certeza, contactar-me hoje (terça-feira)", disse Kudlow ao canal televisivo Fox News, acrescentando esperar "uma resposta assim que possível, para fazer avançar todo o processo" em direção a um novo acordo.

Trump tinha já levantado na passada sexta-feira a hipótese de negociar acordos separados com Canadá e México, argumentando com as acentuadas diferenças entre os dois países e classificando mais uma vez o NAFTA como um "acordo calamitoso".

O Canadá, os Estados Unidos e o México não têm neste momento agendada nova ronda de negociações do NAFTA, após o fracasso da semana passada, indicou na terça-feira um alto responsável canadiano, citado pela agência de notícias francesa AFP, observando contudo que está a ser mantido "o contacto" entre os três países "por telefone e correio eletrónico".

Justin Trudeau e Donald Trump devem encontrar-se na sexta-feira e no sábado na cimeira do G7 que se realiza no Quebeque.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.