Queda de avião na Alemanha mata milionária russa

Acidente provocou três mortos, o piloto e dois passageiros. Duas outras pessoas morreram na sequência de uma colisão entre automóveis, ligada ao acidente.

De acordo com a polícia alemã um avião de seis lugares descolou de França e seguia para a cidade alemã de Egelsbach quando se despenhou e ardeu numa zona de campo, esta tarde, perto de Erzhausen, a 10 quilómetros a sul de Frankfurt.

A agência Reuters avança que uma das vítimas é Natalia Fileva, co-proprietária da S7 (Siberia Airlines), a segunda maior companhia de aviação russa. Fileva, de 55 anos, era a maior acionista da empresa e uma das mulheres mais ricas da Rússia, com uma fortuna estimada pela revista Forbes em 600 milhões de dólares. "As circunstâncias da tragédia ainda não são conhecidas", afirmou a S7 em comunicado.

Num acidente relacionado com este, uma colisão envolvendo um veículo da polícia que seguia para o local também provocou vítimas. Três pessoas que seguiam no veículo da polícia ficaram gravemente feridas e duas que seguiam num outro automóvel morreram, noticiou a agência de notícias DPA, citando autoridades policiais.