Três notas raras vão ser leiloadas por 7 milhões de euros

Três das notas mais raras dos Estados Unidos serão leiloadas na próxima semana, em Baltimore. Duas notas de 1000 dólares e uma de 500 dólares estão avaliadas em cerca de 8 milhões de dólares.

Uma nota pode valer mais dinheiro do que o valor que lhe é atribuído. Duas notas de 1000 dólares e uma nota de 500 poderão ser leiloadas por 8 milhões de dólares (cerca de 7 milhões de euros), na próxima semana, em Baltimore. O que tem estas notas de tão especial? São as três notas mais raras dos Estados Unidos, todas com mais de 100 anos.

Uma das três relíquias, uma nota de 500 dólares pertence ao ano de 1869 e é conhecida como uma das raras notas "arco-íris", feitas na década de 60 do século XIX. Esta retrata o sexto presidente dos EUA, John Quincy Adams e é apelidada assim devido às muitas cores que apresenta. "Quando fizeram o papel, intercalaram na nota uma série de fibras de azul e outras cores, como uma medida antifalsificação", explicou Vicken Yegparian, vice-presidente de Numismática da casa de leilão, Stack's Bowers Galleries à CNN. A nota tem valor estimado de 2,5 milhões de dólares (cerca de 2,8 milhões de euros).

Das poucas notas arco-íris que ainda existem, duas pertencem a este trio milionário. Uma nota de 1000 dólares, também do ano de 1869 retrata DeWitt Clinton, que supervisionou a construção do Canal Erie como sexto governador de Nova Iorque, e Cristóvão Colombo sentado na sua mesa, com um globo próximo do chão. A última vez que esta nota foi vendida retratava Clinton foi vendida pela última vez em 1946, de acordo com a casa de leilões, por 1200 dólares na época - o equivalente a cerca de 15 500 dólares hoje (13 milhares de euros).

A outra das notas de 1000 dólares é de 1891 e é conhecida por nota Marcy. É uma das duas existentes em todo o mundo. Conhecida por ser a nota mais valiosa do mundo, depois de ter alcançado o recorde mundial de preço mais elevado pago por dinheiro quando foi vendida por 2,6 milhões de dólares (2,2 milhões de euros), em 2013, esta nota retrata o antigo governador de Nova Iorque e Secretário de Estado, William L. Marcy. A nota é um "verdadeiro tesouro americano" e uma "das notas mais exóticas em todo o dinheiro que existe nos EUA", segundo a casa de leilão em Baltimore.