Três feridos em atentado em Damasco cometido por menina de 7 anos

Criança parecia perdida e terá pedido para usar casa de banho de uma esquadra antes de se fazer explodir

Três polícias ficaram hoje feridos num atentado numa esquadra de Damasco que, segundo testemunhas, foi perpetrado por uma menina de 7 anos com um cinto de explosivos.

"Uma menina de sete anos entrou na esquadra da polícia com um cinto que foi detonado à distância", noticiou o jornal Al-Watan na sua página no Facebook.

Fonte policial citada pelo jornal disse que a menina parecia perdida e pediu para usar a casa de banho da esquadra, no bairro de Midan, quando se deu a explosão.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.