Tillerson regressa à "vida privada" como um "americano orgulhoso"

Secretário de Estado foi demitido por Donald Trump de manhã. Numa conferência de imprensa anunciou saída para 21 de março à meia-noite.

Rex Tillerson, de voz emocionada, começou por agradecer a todos no Departamento de Estado, pelo seu trabalho ao longo dos últimos 13 meses. Horas depois de o seu afastamento ter sido anunciado pelo presidente Donald Trump no Twitter, o ex-CEO da ExxonMobil falou aos jornalistas e anunciou que deixa o cargo a 21 de março.

Depois de ter uma palavra para os diplomatas que pelo mundo fora representam os Estados Unidos, sobretudo os que estão em locais difíceis onde por vezes arriscam a vida, estando longe da família, Tillerson explicou que há muito trabalho para fazer. E prometeu trabalhar nos próximos dias para uma transição "suave e ordeira" para o sucessor, Mike Pompeo, o atual diretor da CIA.

Quanto a ele, cuja fortuna pessoal está avaliada em 325 milhões de dólares, prevê "o regresso à vida privada" como "americano orgulhoso". Talvez numa reforma dourada no seu Texas.

Ler mais