Tentaram enviar cria de tigre pelo correio

O animal estava sedado e desidratado e está atualmente num abrigo

As autoridades mexicanas encontraram uma cria de tigre de Bengala numa caixa de plástico. O insólito achado aconteceu esta quarta-feira, no estado de Jalisco, e foi detetado por um cão da polícia que farejou algo suspeito na caixa. Os agentes pensaram que se tratava de contrabando e não de um animal vivo.

A cria estava sedada e desidratada e tinha como destino um endereço no estado de Querétaro, no centro do país.

O pequeno tigre estava deitado no meio de pedaços de jornal rasgados e apesar das circunstâncias em que foi encontrado não inspirava cuidados de saúde e foi enviado para um abrigo de animais.

A polícia mexicana informou que o caso estava em investigação e partilhou as imagens da cria no Twitter, apelando a que as pessoas façam queixa quando desconfiarem de situações semelhantes.

"Com o apoio de agentes caninos, resgatamos um tigre de Bengala enviado ilegalmente pelos serviços de encomendas e em condições impróprias para o animal. Protegemos a vida em todas as suas manifestações! A sua denúncia pode mudar vidas, não hesite!", escreveram as autoridades.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...