Rússia pede que Conselho de Segurança se reúna na sexta-feira

O governo de Vladimir Putin pede novo concílio nas Nações Unidas para que seja discutida a eventual ameaça militar dos EUA sobre Damasco

A Rússia pediu ao Conselho de Segurança das Nações Unidos a realização de uma reunião na sexta-feira para discutir uma eventual ameaça de uma intervenção militar dos Estados Unidos na Síria, indicou esta quinta-feira uma fonte diplomática.

O pedido de reunião surgiu depois de o embaixador da Rússia nas Nações Unidas, Vassily Nebenzia, ter alertado para uma confrontação perigosa entre Washington e Moscovo no caso de uma ação militar norte-americana.

Nebenzia afirmou que prioridade era evitar o ataque dos Estados Unidos, por causa da alegada utilização de armas químicas por parte do regime de Bashar al-Assad.

Exclusivos