Shutdown do governo vai manter-se até quinta-feira, pelo menos

Senado encerrou atividade legislativa para as festas natalícias sem acordo sobre orçamento

A paralisação do governo norte-americano vai prolongar-se pelo menos até quinta-feira, pois o Senado encerrou atividade para o Natal sem que houvesse acordo sobre matéria orçamental.

O anúncio foi feito esta tarde de sábado pelo líder da maioria na câmara alta do Congresso, o senador republicano Mitch McConnell, segundo noticiou o Washington Post.

A atividade parlamentar só será retomada no próximo dia 27.

Vários departamentos da administração americana não poderão assim abrir, pois não têm aprovado orçamento para as suas despesas.

Após o "shutdown" do governo, que aconteceu este sábado às 00h00 de Washington (05h00 em Lisboa), o Presidente Trump enviou o vice-presidente, Mike Pence, ao capitólio com uma proposta de negociação. A reunião com o líder democrata no Senado Charles E. Schumer, ainda prosseguia quando as atividades legislativas foram dadas por encerradas.

Esta paralisação parcial do governo central surge após Donald Trump ter dito que não aceitaria qualquer orçamento que não incluísse dotação para a construção do muro na fronteira com o México, algo que os democratas recusam.

Até a situação se resolver, centenas de milhares de funcionários públicos ficam sem poder trabalhar, nem receber vencimento.

Por o Natal este ano ser a uma terça-feira, a situação só deverá fazer-se sentir de forma mais crítica na quarta, o primeiro "dia útil" após as festas. Mas com a atividade legislativa parada, mesmo que haja acordo de princípio entre a administração e os senadores, ainda não será nesse dia que os EUA ficam com um governo a funcionar em pleno.

Exclusivos