Premium Seis desafios para o próximo primeiro-ministro do Reino Unido

Boris Johnson ou Jeremy Hunt? Um deles sucederá a Theresa May no n.º 10 de Downing Street e na liderança do Partido Conservador britânico. O primeiro é favorito nesta corrida. Sendo o Brexit o maior desafio do novo primeiro-ministro do Reino Unido, há vários outros que se interligam e são indissociáveis.

Como conseguir o apoio do Parlamento britânico?

Theresa May, a primeira-ministra cessante, falhou em ver o acordo do Brexit que negociou com a UE27 aprovado na Câmara dos Comuns. Três vezes foi a votos. Três vezes chumbou. Porém, a mesma Câmara dos Comuns também não conseguiu chegar a uma alternativa que reunisse o apoio de uma maioria absoluta dos deputados britânicos. Nem quando conseguiu o take back control. O processo dos votos indicativos tampouco foi capaz de produzir uma alternativa (May perdeu a maioria que os conservadores tinham após as legislativas antecipadas de 2017). A chefe do governo conservador, que sempre disse preferir um Brexit com acordo a um No Deal Brexit, viu-se forçada a pedir o adiamento da saída da UE. Por duas vezes. Atualmente, a data indicativa para o Brexit acontecer é 31 de outubro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

história

A América foi fundada também por angolanos

Faz hoje, 25 de agosto, exatos 400 anos que desembarcaram na América os primeiros negros. Eram angolanos os primeiros 20 africanos a chegar à América - a Jamestown, colónia inglesa acabada se ser fundada no que viria a ser o estado da Virgínia. O jornal The New York Times tem vindo a publicar uma série de peças jornalísticas, inseridas no Project 1619, dedicadas ao legado da escravatura nos Estados Unidos. Os 20 angolanos de Jamestown vinham num navio negreiro espanhol, a caminho das minas de prata do México; o barco foi apresado por piratas ingleses e levados para a nova Jamestown. O destino dos angolanos acabou por ser igual ao de muitos colonos ingleses: primeiro obrigados a trabalhar como contratados e, ao fim de alguns anos, livres e, por vezes, donos de plantações. Passados sete anos, em 1626, chegaram os primeiros 11 negros a Nova Iorque (então, Nova Amesterdão) - também eram angolanos. O Jornal de Angola publicou ontem um longo dossiê sobre estes acontecimentos que, a partir de uma das maiores tragédias da História moderna, a escravatura, acabaram por juntar o destino de dois países, Angola e Estados Unidos, de dois continentes distantes.