Se vai de férias a Espanha tenha cuidado com os drones que passam multas

Drones da Direção Geral de Tráfego de Espanha começam a multar a partir de 1 de agosto e vão vigiar sobretudo as infrações dos automobilistas contra usuários vulneráveis, como ciclistas.

A Direção-Geral de Tráfego (DGT) anunciou que, a partir de 1 de agosto, drones vão começar a multar os automobilistas que cometerem infrações, vigiando sobretudo "as zonas onde o risco de acidentes é maior; as estradas onde há um maior trânsito de usuários vulneráveis, como ciclistas, motociclistas e pedestres".

Os drones também serão utilizados para vigiar e regular o apoio em operações especiais e eventos que motivam um grande movimento nas estradas, missões de regulação complementares às desenvolvidas por helicópteros e para apoiar situações de emergência que afetam significativamente o trânsito e a segurança dos utentes da estrada.

A infração captada por drones pode ser notificada imediatamente por um agente de Brigada de Trânsito da Guardia Civil espanhola ou posteriormente processada pelas autoridades competentes.

A DGT não refere se os drones também poderão multar por excesso de velocidade, algo que 12 helicópteros Pegasus da DGT fazem.

A DGT conta com 11 drones na sua frota, mas está num processo de licitação para aquisição de mais 20.

Exclusivos