Sánchez diz que o Podemos contribuiu para a vitória do PP

"A intransigência e o interesse pessoal [de Iglesias] acima do interesse público permitiu melhorar os resultados do PP", disse o líder do PSOE

O líder do Partido Socialista espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, admitiu não estar satisfeito com o resultado das eleições legislativas realizadas hoje e responsabilizou o líder do Podemos (esquerda), Pablo Iglesias, pela vitória do conservador Partido Popular (PP).

"Espero que Iglesias reflita sobre estes resultados. Teve a possibilidade de por fim ao Governo de [Mariano] Rajoy, mas a intransigência e o interesse pessoal acima do interesse público permitiu melhorar os resultados do PP", disse Pedro Sánchez à comunicação social, na sede do PSOE em Madrid.

O PP, liderado pelo chefe do governo de gestão, Mariano Rajoy, foi o vencedor das eleições em Espanha, com 137 deputados eleitos, anunciou hoje a comissão eleitoral.

O PSOE ficou em segundo lugar, com 85 lugares no congresso espanhol, enquanto a aliança de esquerda Unidos Podemos elegeu 71 deputados e o partido de centro-direita Ciudadanos conseguiu 32 assentos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".