Rangel reeleito vice-presidente do grupo do Partido Popular Europeu

Esta é a quarta vez sucessiva que Rangel é eleito para um cargo de direção do grupo do PPE

O eurodeputado Paulo Rangel (PSD) foi reeleito vice-presidente do grupo político do Partido Popular Europeu (PPE), o maior no Parlamento Europeu e que integra os eleitos pelo PSD e o do CDS, foi hoje divulgado.

Esta é a quarta vez sucessiva que Rangel é eleito para um cargo de direção do grupo do PPE desde que integrou o PE como deputado, em 2009, mantendo os pelouros de liderança da rede dos grupos de reflexão (European Ideas Network) e a coordenação do grupo de trabalho sobre o futuro da Europa.

Juntamente com Rangel, foram hoje eleitos outros nove vice-presidentes do grupo, cujo presidente continua a ser o alemão Manfred Weber.

"Esta reeleição representa a confiança depositada pelos meus colegas deputados no trabalho que tenho vindo a desenvolver", disse o eurodeputado, em comunicado.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.