Queda de helicóptero da polícia na Turquia sem sobreviventes

Os 12 ocupantes do helicóptero da polícia que se despenhou hoje no leste da Turquia morreram todos no acidente, segundo autoridades locais turcas que apontaram como causa da queda as condições meteorológicas adversas sentidas na região.

Ainda surgiram informações que poderiam existir sobreviventes, mas o presidente da câmara de Pulumur (na província de Tunceli, leste da Turquia), Muslum Tosun, assegurou à estação CNN turca que as equipas de resgate chegaram ao local do acidente e confirmaram que todos os ocupantes tinham morrido.

"Por aquilo que vimos, foi definitivamente um acidente", acrescentou ainda Muslum Tosun.

O aparelho - que transportava um juiz, sete polícias, um oficial do exército e três tripulantes - caiu ao final da manhã de hoje em Tunceli, informou a administração desta província do leste da Turquia, que atribuiu a queda do helicóptero às condições meteorológicas sentidas naquela área.

O gabinete do governador de Tunceli explicou que o sinal do aparelho desapareceu 10 minutos após a sua descolagem de Pulumur.

Num comunicado, o governador apontou as "condições aéreas" verificadas naquela zona montanhosa como a causa do acidente, enquanto a CNN turca informou que um denso nevoeiro cobria o local do acidente.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.