Turistas norte-americanas atacadas com ácido em Marselha

Agressora, uma mulher de 41 anos com problemas mentais, foi detida no local

Um grupo de quatro jovens turistas norte-americanas foi atacado com ácido na principal estação de comboios de Marselha, avançou a agência Associated Press (AP), citando fonte da Procuradoria local.

Uma mulher de 41 anos foi detida, informa ainda a AP.

Duas das turistas ficaram com queimaduras no rosto e uma delas terá mesmo sofrido uma lesão no olho, revelou uma porta-voz da Procuradoria. As quatro jovens, na casa dos 20, foram hospitalizadas, duas por se encontrarem em estado de choque e sem ferimentos provocados pelo ácido. Todas tiveram alta na tarde deste domingo.

Segundo a agência Reuters, que cita fonte policial, as jovens estavam na estação de Saint Charles para apanharem o comboio para Paris pelas 9:00 locais, menos uma hora em Lisboa.

A agressora foi detida no local e os detetives descartam, para já, motivação terrorista. De acordo com a Reuters, a polícia acredita que a mulher de 41 anos sofra de distúrbios mentais.

Já era conhecida das autoridades por furto e, segundo a AFP, justificou o ataque pelo facto de ter sido, ela própria, vítima de um ataque semelhante quando era mais jovem.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub