Primeiro-ministro italiano operado no regresso de Paris

A cirurgia decorreu bem e Gentiloni encontra-se bem e consciente

O primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, foi submetido a uma angioplastia, depois de regressar de uma visita oficial a Paris, noticiaram hoje os meios de comunicação italianos.

O chefe do governo italiano sentiu-se mal no regresso de Paris e deslocou-se ao hospital, onde os médicos consideraram necessária a realização de uma angioplastia, disse a cadeia RaiNews.

A cirurgia decorreu bem e Gentiloni encontra-se bem e consciente, indicaram vários 'media', que citaram fontes governamentais para acrescentar que o primeiro-ministro vai continuar no hospital.

A angioplastia é uma intervenção cirúrgica para modificar um vaso sanguíneo, normalmente uma artéria.

O primeiro-ministro italiano reuniu-se na terça-feira, em Paris, com o Presidente francês, François Hollande.

Durante o encontro, Gentiloni e Hollande falaram das próximas celebrações dos 60 anos do tratado fundador da UE, em Roma, previstas na próxima primavera.

Gentiloni, de 62 anos, assumiu o cargo de primeiro-ministro no mês passado, na sequência da demissão do anterior executivo de Matteo Renzi, no qual desempenhava as funções de ministro dos Negócios Estrangeiros.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub