Primeira-ministra da Letónia demite-se

Laimdota Straujuma fala de um afastamento devido a uma necessidade de "novas ideias e contribuições"

A primeira-ministra da Letónia, Laimdota Straujuma, anunciou esta segunda-feira a sua demissão, dizendo haver necessidade de "novas ideias e contribuições".

"Informei o Presidente da demissão do governo", disse Straujuma aos jornalistas, enumerando as conquistas do seu governo e agradecendo aos eleitores por lhe terem dado dois mandatos.

"Vejo que são necessárias novas ideias, novas contribuições e energia para que possam continuar a construir-se estas fundações", afirmou.

Straujuma liderava uma coligação de centro-direita que saiu das eleições do ano passado. O presidente Vejonis lamentou que "querelas políticas internas" tivessem acabado com o governo de Straujuma e pediu aos políticos do país para encontrarem rapidamente uma nova solução.