Português morto em Luanda durante assalto

Homicídio aconteceu na quarta-feira, num estabelecimento comercial

A polícia angolana confirmou esta quinta-feira à agência Lusa a morte de um cidadão português, ocorrida no município de Viana, arredores de Luanda, presumivelmente na sequência de um assalto.

Segundo o diretor do gabinete de comunicação institucional e imprensa da delegação de Luanda do Ministério do Interior, intendente-chefe Mateus Rodrigues, o homicídio ocorreu quarta-feira à noite, na sequência de um assalto a um estabelecimento comercial no município de Viana.

Mateus Rodrigues acrescentou que a vítima, de 65 anos e cuja identificação não foi avançada, terá sido morto a tiro, salientando que o caso está a ser investigado, não havendo ainda detidos neste processo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).