Secreta estrangeira avisou para "ataque islâmico" em Hanover

Informações recebidas confirmaram a existência de "uma ameaça real", garante ministro alemão do Interior.

Boris Pistorius, ministro no interior da Baixa Saxónia, em conferência de imprensa, garante que ainda não houver qualquer detenção e que não podia confirmar a existência de uma bomba numa ambulância que estava perto do estádio de Hanover nem no interior do estádio. Não podia, disse, confirmar "rumores".

O chefe da polícia de Hanover, Volker Klume, porém, tinha confirmado que tinha sido encontrado um engenho explosivo dentro do estádio de Hanover - "There was a device intended to be detonated inside the stadium" - que esta noite seria o palco do jogo particular entre Alemanha e Holanda.

Thomas de Maizière, ministro alemão do Interior, presente na mesma conferência de imprensa que Pistorius, afirmou que foi "extremamente difícil a decisão de cancelar o jogo" mas que todas as informações recebidas confirmaram a existência de "uma ameaça real".

Thomas de Maizière recusou explicar a "dimensão" da ameaça nem revelou a "fonte" das informações recebidas. Segundo a agência de notícias alemã DPA, as informações que revelaram um "plano islâmico" para atacar Hanover vieram de uma agência de serviços secretos estrangeira. Maizière confirmou esta informação.

A ameaça de bomba levou a evacuação imediata do recinto. Estava prevista a presença da chanceler alemã Angela Merkel no estádio para assistir ao jogo de futebol, mas ao ter conhecimento da ameaça regressou a Berlim.

Pouco depois, também uma sala de espetáculos recebeu ameaça idêntica e a polícia também procedeu à evacuação. A estação de comboios da cidade alemã foi parcialmente encerrada devido a um objeto suspeito.

Perante as ameaças, a polícia já pediu à população que evite andar em grupo nas ruas e que procure lugares seguros.

Na sala de espetáculos que está a ser revistada pelas autoridades, iria realizar-se o concerto da banda The Söhne Mannheims, segundo a BBC. A Polícia encerrou parte de uma estação de comboios, depois de ter sido descoberto um objeto suspeito

No estádio, um dos adeptos presentes contou à BBC que ouviu o anúncio de "uma ameaça séria devido a um pacote" que tinha sido encontrado". "Disseram a todos para ficarmos calmos e depois pediram aos adeptos holandeses para calmamente sairmos, em grupos de três", explicou, dizendo ainda que lhe foi dito para abandonarem a zona. Outro adepto explicou que houve alguma confusão, pois ninguém estava a perceber o que estava a acontecer.

Ministro alemão alerta para perigo na Alemanha e na Europa

Thomas de Maizière, ministro do Interior germânico, avisou numa conferência de imprensa que a Alemanha e a restante Europa enfrentam uma grande ameaça. Pediu ainda compreensão pelo cancelamento do jogo, salientando que a segurança tem de estar em primeiro lugar.

Exclusivos