Polícia belga detém oito pessoas em Molenbeek

A polícia belga deteve no domingo oito pessoas na autarquia de Molenbeek, em Bruxelas, no âmbito de uma operação antiterrorista, noticia hoje a imprensa local, citando fonte da Procuradoria Federal.

A operação teve por base suspeitas de preparação de um atentado terrorista, segundo a procuradoria, e os oito suspeitos deverão ainda hoje prestar declarações perante um juiz de instrução.

No âmbito de uma investigação de suspeitas de terrorismo, foram feitas sete rusgas no domingo na capital belga, quatro das quais em Molenbeek, tendo todas as detenções sido feitas nesta autarquia.

A fonte da Procuradoria Federal sublinhou ainda não terem sido apreendidas armas nem explosivos.

De Molenbeek saíram vários dos autores dos atentados de novembro de 2015, em Paris, que causaram 130 mortos e onde foi detido, em março de 2016, o único dos terroristas que lhes sobreviveu, Salah Abdeslam.

O nível de alerta terrorista na Bélgica baixou, em janeiro, de 03 para 02 numa escala de 04.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.