Piloto morre atingido por porta de avião

Homem de 50 anos estava a preparar a aeronave para um voo entre a Finlândia e a Rússia

O piloto de um avião privado foi morto pela porta da aeronave. O homem, de 50 anos, estava a preparar o avião privado para uma viagem da Finlândia para a Rússia.

A RT diz que a porta se separou do resto do avião e atingiu o piloto que morreu de imediato. Partes da porta foram encontradas a cerca de dez metros da aeronave, dizem as autoridades.

O Gulfstream G150 é um avião utilizado normalmente para voos privados entre o aeroporto de Kittila, na Finlândia, e Moscovo.

O avião, que pode transportar 20 passageiros, estava vazio quando elementos da tripulação subiram a bordo para preparar o voo.

Descrevendo o incidente como "muito raro", as autoridades finlandesas pensam que a causa foi uma falha técnica.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.