Pelo menos 22 mortos numa explosão em catedral copta no Cairo

Outras 35 pessoas ficaram feridas

Uma explosão na principal catedral copta no Cairo matou hoje, pelo menos, 22 pessoas, de acordo com a televisão estatal egípcia, depois de os primeiros dados terem dado conta de cinco vítimas mortais.

A explosão, que ocorreu pelas 10:00 locais (08:00 em Lisboa), perto da Catedral de São Marcos - sede da Igreja Ortodoxa Copta - ainda não foi reivindicada e terá também causado mais de 10 feridos, segundo informações difundidas pela agência estatal de notícias.

Essas mesmas informações indicavam que a bomba teria sido arremessada para dentro de uma capela adjacente à catedral.

Na sexta-feira, seis polícias foram mortos num atentado à bomba na capital egípcia, reivindicado por um grupo suspeito pelas autoridades de ter ligações à Irmandade Muçulmana.

Os cristãos coptas constituem cerca de 10% da população do Egito e têm enfrentado perseguições e discriminação, sobretudo nos 30 anos de presidência de Hosni Mubarak, removido do poder em 2011.

Ler mais

Exclusivos